quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

O sonho e o sono


O sonho, o irmão do sono, é um estado psicofisiológico que nos agita enquanto temos os olhos fechados.

Aleméon, de Crotona, chamou-lhe "o receptáculo do pensamento".
Marguerite Yourcenar declarou que, "o espírito de quem nunca sonhou seria puramente igual a um quarto a que faltasse a abertura mágica de um espelho".
Erick Fromm afirma que “o inconsciente só o é em relação ao estado normal de actividade” e que “são simplesmente estados mentais diversos, que se referem às modalidades existenciais diferentes.”
Para Freud, o sonho relaciona-se com o passado e o presente de quem sonha e origina-se a partir de regiões desconhecidas no interior. Para ele, os sonhos seriam a realização de um desejo inconsciente que o indivíduo não conseguiria realizar durante a vigília.
A escritura Sagrada refere-se frequentemente a visões nocturnas, existindo a oniromância – a explicação dos sonhos – desde a antiguidade. Lá vem escrito no livro de Job: «Durante os sonhos, nas visões da noite, quando os homens estão cheios de sono e dormem nos seus leitos, é então que Deus lhes abre os ouvidos e os adverte e instrui do que devem saber, para assim os afastar do mal que fazem e livrá-los do orgulho – para afastar a corrupção da sua alma e salvar-lhes a vida da espada que a ameaça».
Toda a gente conhece o sonho tido pelo Faraó do Egipto – as sete vacas gordas e as sete vacas magras pastando nas margens do Nilo – a definição que dele deu José, salvando assim, a sua vida.
Entre os egípcios existia um explicador oficial, a que por isso, chamaram Jannés.
Transmitida a sua ciência aos gregos, também eles a acataram e seguiram. Aquilles de Tasso, no seu romance dos amores de Clitophon e de Leucippe, declara que os sonhos descem do céu. Plutarco citou-os frequentemente nas biografias que escreveu.
Nas crónicas do Béarn lê-se que Henrique 1V, sendo ainda criança, adormeceu numa igreja, ao pé do altar de S. Nicolau; sonhou que este santo lhe prometeu a coroa de França.
Hipócrates diz que, enquanto o indivíduo está adormecido, o espírito vela. É ele que se transporta aonde o corpo não poderia ir, vendo tudo que ele veria se estivesse acordado.
O Marquês d’Hervey de Saint-Denis afirmou que os sonhos, por mais excêntricos que sejam, têm sempre uma explicação, das mais lógicas, quando sabemos analisá-los.
Foi a essa análise que Freud dedicou inúmeras horas de estudo interpretativo. O criador da Psicanálise afirmou ser todo o sonho a satisfação de um desejo «a maior parte das vezes escondido nos escaninhos da nossa consciência».
E além de desejo: inquietação, receio, glória, ansiedade, interrogação...
Palavras de Jean Lhermitte: «Há muito a dizer sobre o exagero na interpretação dos sonhos executada pelos psicanalistas. Mas será injusto não reconhecer que o simbolismo não pertence exclusivamente ao domínio onírico, que o encontramos na poesia, nos mitos e na linguagem. A origem arcaica dá conta da universalidade de um grande número de símbolos.
Mas, admitido este ponto, não deixa de ser verdade que Freud e a sua escola deram uma extensão infinitamente larga á explicação simbólica dos sonhos».
Neste trabalho que apresentamos agora, estudamos o antigo e o moderno a interpretação que vem dos mitológicos tempos de Morfeu, o deus do sono, até às investigações científicas de Bergson, Max Simon, R. Dalbiez, Varschide, Ynes Delage, Mourly Vold e outros autores.
Interrogando atentamente este livro - oráculo do subconsciente - cada qual obterá a definição do sonho que sonhou.
Com a interpretação de visões, pesadelos, aparições que lhe povoaram a noite, poderá o leitor erguer uma ponta do véu que tão implacavelmente lhe tem escondido, até hoje, o seu destino. Quantas vezes um sonho é um aviso. Seguir esse aviso é evitar um mal. É vencer o espírito das trevas, trepando pelo caminho que vai ter à Luz.

Letra A

Abade – Um amigo seguro prontificar-se-á a guiá-lo pelo bom caminho.
Abadessa – Esperanças que não se realizam.
Abandono do lar – Imoralidade, mau porte.
Abandono de um animal ou de qualquer objecto – Remorso, arrependimento duma falta cometida.
Abano – a) – Ver um: alguém está perdido de amores por si.
b) - Servir-se de um abano: amores clandestinos.
Abat-jour – Desconfie dum hipócrita.
Abelhas – Êxito seguro devido ao seu trabalho.
a) Se a abelha estiver pousada numa flor: amor.
b) Ser picado por uma abelha: cuidado com os rivais.
c) Matar uma abelha: a ruína espreita-o se não redobrar de coragem.
d) Se o mel estiver em casa: eloquência.
Abismos – Perigos vários ameaçam-no.
Abluções – Vitalidade.
a) Em água límpida: fraqueza.
b) Em água turva: tormentos que se aproximam.
Abóbada – Quanto mais bela for a arquitectura maior será a protecção dispensada aos seus negócios.
Abóbora – Herança de família.
Aboletamento – Perda importante.
Abono – a) Por sua culpa: insucessos.
b) Por culpa alheia: os seus projectos serão demorados.
Abotoador – Encontro clandestino.
Abraço – a) Abraçar alguém: notícias.
b) Ser abraçado: mentiras.
Abrigo – a) Refugiar-se num: perigo evitado.
b) Não poder entrar: inimigos encarniçados querem a sua desgraça.
Abcesso – Maldade oculta.
Absolvição – Vai cometer uma falta grande.
Abstinência – Dinheiro mal gasto, miséria.
Abutre – Pessoa má contra quem se deve acautelar.
Acácia – È amado em segredo.
Academia – Projectos irrealizáveis.
Açafrão – Aliança modesta.
Açaimo – As más-línguas não deixarão de o prejudicar.
Acampamento – Terá numerosos amigos.
Accionista – Dinheiro mal colocado.
Acendalha – Terá de se haver com uma pessoa de maus sentimentos.
Aceno – a) Fazer acenos a alguém: preposição de amor rejeitado.
b) Receber: vai fazer uma partida a um amigo.
c) Sinais particulares: as aspirações amorosas satisfeitas.
Acepipe – Conquista fácil.
Acha – Prosperidade assegurada.
Achado – Vai perder qualquer coisa.
Ácido – As más-línguas vão falar de si.
Aclamação – Regozijo.
Aço – Êxito brilhante.
Açoite – Presentes bem aceites.
Acolchoado – Não saberão mais que fazer para lhe agradar.
Açorda – Miséria.
Acordo – Os seus desejos realizar-se-ão.
Acrobata – a) Ver acrobatas: empreendimento perigoso.
b) Fazer acrobacias: aborrecimentos passados, perigos evitados.
c) Não conseguir fazê-las: perda de emprego.
Actor – a) Ver actores: uma pessoa amiga procura prejudicá-lo.
b) Ser o próprio um actor: brinca demasiado com o amor.
Açúcar – Procuram ludibriá-lo com falas mansas.
Açucena – Amor e beleza lhe estão reservados.
Açude – Declaração não levada a cabo por uma palavra irónica e cruel.
Acusado – a) Ser acusado: procuram difamá-lo.
b) Ver alguém acusado: reclamação de dinheiro.
c) Acusar alguém: está em negociações com um canalha.
Adágio – Partida de um amigo.
Adão e Eva – Apadrinhar ou adoptar criança.
Adega – a) Cheia: abundância.
b) Vazia: miséria.
Adelo – Dinheiro mal empregado.
Adereço – Será convidado para uma festa.
Adeus – Visita inesperada duma pessoa querida.
Adivinha – Sacuda um pouco a sua indolência se quer ser alguém.
Adoecer – Indisposição passageira.
Adubo – Será atraído por uma pessoa de grande inteligência.
Adultério – a) Fazer adultério: tentações a evitar.
b) Ser vítima dum adultério: felicidade ao jogo.
Advogado – Um amigo vai pedir o seu auxílio.
Afago – Amores partilhados.
Aferrolhar – Infelicidades conjugais.
Afogado – a) Ver um afogado: fim de tormentos.
b) Afogar-se o próprio: perda de emprego.
Agência – Procuram fazer com que gaste o seu dinheiro.
Agenda – Encontro amoroso.
Agiota – a) Proventos ilícitos.
b) Se é o próprio um agiota: todos os seus amigos se preparam para o abandonar.
Agoiro – Mal-estar que durante dias persistirá na sua família.
Agonia – a) Agonizar o próprio: saúde próspera.
b) Ver alguém a agonizar: convalescença de pessoa amiga.
Agregar – a) O próprio: novas relações.
b) Agregação colectiva: alegria próxima.
Agrião – a) Ver agriões: recuperação de saúde.
b) Comer agriões: doença imaginária.
Agricultura – a) Fazer agricultura: recompensa.
b) Ver agricultores: prosperidade.
Água – a) Clara e tranquila: existência calma.
b) Barrenta: perturbações da vida, aborrecidas.
c) Pantanosa: grandes contrariedades vêm ao seu encontro.
d) Água de fonte: êxito certo.
e) Bebê-la gelada: cuidados.
f) Só fresca: saúde perfeita.
g) Fervente: cólera violenta.
h) Benta: vai-se encontrar com um novo caminho.
i) Beber água: boa conduta.
Aguaceiro - Vai ficar surpreendido com as fantasias dum amigo.
Aguardente – Má reputação; dores.
Aguarela – Sonhar impossíveis.
Aguçadas – Devera aproveitar a ajuda que lhe oferecem.
Águia – a) Vê-la voar: ambições satisfeitas.
b) Ser agarrado por uma águia: terá de lutar com a adversidade.
c) Matar uma águia: vitória.
d) Caindo com a cabeça para baixo: morte de parente.
Aguilhão – Um amigo vai pedir o seu auxílio.
Agulha – a) De coser: pequeno proveito.
b) De tricô: más-línguas.
c) Picar alguém: virtude em perigo.
d) Agulha partida: deve ter o máximo cuidado consigo.
Agulheiro – Abundância.
Agulheta – Vai ser auxiliado por pessoa que ainda não conhece.
Ajoelhar – a) Diante de Deus ou dos seus altares: desafogo realizado.
b) Diante de um homem: humilhação.
c) Diante de uma mulher: será recompensado.
Alabarda – A sua coragem é o segredo da sua força.
Alambique – a) Ver destilar: a sua carteira vai sofrer um assalto.
Alameda – Quanto mais larga for a alameda maior será a protecção que lhe vai ser dispensada.
Alavanca – Ajuda em dinheiro.
Albarda – Humilhação pública.
Albergue – a) Cheio: viagem de negócios.
b) Vazio: aborrecimentos.
Álbum – a) D fotografias: amizade constante.
b) De postais: afeição traída.
Alça – Falsa amiga que deve evitar.
Alcachofra - Preparam-lhe uma partida.
Alcaparra – Zanga sem motivo.
Alcatrão – Saúde perfeita.
Álcool – Desgostos rápidos.
Alcova – a) Aberta: proposta galante.
b) Fechada: encontro desfeito.
c) Ver uma mulher numa alcova: infidelidades conjugais.
Alcoviteiro – Não faça projectos neste momento, espiam-no constantemente.
Aldeia – O seu coração vai ser tocado muito em breve, mas veja se a pessoa é digna.
Alecrim – Amor ingénuo; boa nomeada.
Alegrete – Confidências amorosas.
Aleijado – a) Ver um: aborrecimento.
b) Ser um: êxito.
Aletria – Refeições por conta de outro.
Alface – a) Conquista dum coração ingénuo.
b) Comer alface: primeiros beijos de amor.
Alfaiate – Conta a pagar.
Alfândega – Os seus vizinhos vão causar-lhes aborrecimentos.
Alfarrabista – Encontrará um objecto de pouco valor.
Alfazema – Benefício pouco importante.
Alferes – Será objecto de ataques amorosos e triunfará.
Alfinete – Remorsos cruciantes.
Alga – Fidelidade amorosa
Algibeira – Repouso merecido.
Algodão – Um membro de sua família encontra-se mal de dinheiro.
Alguidar – Os seus inimigos procuram despojá-lo.
Alho – Cólera de curta duração
Aliança – a) Tê-la no dedo: casamento de amor.
b) Em dedo alheio: vai saber do casamento de alguém, seu parente,
c) Perde-la: separação conjugal.
Álibi – Fortuna comprometida.
Alicate – Intrigantes procuram feri-lo.
Alimentos – Felicidade no lar.
Alinhavo – A sua habilidade dar-lhe-á muito dinheiro.
Alma – Desgaste passageiro.
Almanaque – Perda de tempo.
Almoço – Alegria caseira.
Almotolia – Mau gosto na boca.
Alpaca – Saúde próspera.
Alparcata – Trabalho suplementar.
Alpendre – Vai hospedar um amigo.
Alugar – Contrariedades que perturbarão momentaneamente a sua vida.
Alvíssaras _ Vai receber uma quantia que não era esperada.
Alma - a) Ver uma: gravidez próxima.
b) Ser uma: penas de amor depressa passadas.
Amamentar – a) Se é mulher: próxima gravidez.
b) Ver amamentar: felicidade.
Amarelo – Traição conjugal.
Amargo – Doença sem gravidade.
Amarra – Vida calma.
Amazona – Ver uma: amor perturbado.
Âmbar – Proposições ligeiras.
Ambulância – a) Ver uma: vai precisar de auxílio.
b) Transportando feridos: doença de um parente ou amigo.
Ameaça – a) Fazer uma: procure dominar-se.
b) Ouvir: a sua intuição levá-lo-á ao bom caminho.
Ameixa – a) Ver ameixas: êxitos amorosos.
b) Comer: beijos trocados.
c) Ameixoeira em flor: idílio que terminara em casamento.
Amêndoa – Riqueza.
a) Colher: felicidade sem nuvens
b) Comer: beijos que se dão e recebem.
c) Flores de amendoeira: amores compartilhados.
Amendoim – Esperanças amorosas.
Ametista – Vai receber um presente de valor.
Amianto – O seu coração não responderá ao amor que o procura.
Amigo – a) Um só: sinceridade.
b) Dois: falsidade.
c) Vários: refeição alegre.
d) Sonhar com um amigo m apuros: ameaça-o um perigo.
e) Novos amigos: alegria de curta duração.
Amizade – Amar sem fim.
Amnésia – Desbarata os seus recursos físicos.
Amoníaco – Ajuda e protecção recompensadas.
Amor – a) Duma loira ou loiro; sentimento passageiro.
b) Duma morena ou moreno: rivalidades amorosas.
c) Amores compartilhados: ligação feliz.
d) Amores mal correspondidos: intrigas.
Amora – a) Ver: amores secretos.
b) Comer: amores mal sucedidos.
Amoricos – Intriga sentimental.
Amostra – Dará prova de como sabe viver com todos.
Ampola – Aborrecimento passageiro.
Amputação – a) Ser amputado: a sua amizade será posta á prova.
b) Amputar alguém: zanga com uma pessoa querida.
c) Ver uma amputação: vai tomar parte numa grande disputa.
Amuar – Aborrecimento de pequena duração.
Amuleto – Recomenda-se-lhe prudência.
Ananás – a) Ver um: vai receber uma declaração.
b) Comer: é amado por uma pessoa loira.
Anão – Pessoa mesquinha procura prejudicá-lo.
Anatomia – A sua vida corre perigo.
Âncora – a) Levantar a âncora: a sua situação está sólida.
b) Deitar a âncora: vai colocar capitais onde não há segurança.
Andar – Vai ter uma grande alegria.
Andorinha – a) Voando: notícias breves de pessoas distantes
b) No ninho: felicidade perfeita.
c) Matá-las: desgraça próxima.
Anedota – Farsa alegre.
Anel – Ligação amorosa.
Anemia – Fatiga-se inutilmente.
Ânfora – Pessoa rica procura ajudá-lo.
Angina – Confissão custosa.
Anho – Felicidade e tranquilidade no lar.
Animal – Amizade bem colocada.
Anis – Aventura galante.
Anjo – Felicidade perfeita; surpresa agradável.
Anzol – Procuram seduzi-lo; engano.
Apalpadela – Indecisão.
Apetite – Os seus desejos serão satisfeitos.
Apitar – Viagem próxima.
Aplauso – O seu valor é incontestável.
Apoplexia – Decepção violenta.
Aposta – Perda de dinheiro.
Aquário – Vida calma e feliz.
Arabesco – Procuram enganá-lo.
Aranha – Soma de dinheiro proporcionada à sua gordura.
a) Ver uma: cólera súbita.
b) Matar uma: Vitória sobre os inimigos.
c) Muitas aranhas: aborrecimentos graves.
d) Tocá-la: benefício.
Árbitro – Tem a estima de toda a gente.
Arbusto – Idílio encantador.
Arca – Preparativos de enchoval.
Arcebispo – Terá de receber justas reprimendas.
Arco – Procuram alcançar o seu coração.
Arco-íris – Um acontecimento imprevisto vai mudar o rumo da sua vida; comodidade; alegria.
Areia – As suas esperanças, já de si frágeis, vão ser derrubadas por completo; incertezas.
Argola – Promessas enganadoras.
Arma – a) Trazer: todos o respeitam.
b) Servir-se: tem um rival.
c) Dispararam contra si: ciúmes funestos.
Aroma – a) Agradável: afeição
Arraial – Divertimento certo.
Arranhadela – Penas amorosas de pouca duração.
Arroio – O seu trabalho deve ser feito a cantar.
Arroz – Casamento em perspectiva. Se comer muito: indigestão.
Artificio – Mentira; enganos.
Árvore – a) Verdes e fortes: terá êxito assegurado.
b) Sem flor: terá de lutar para conseguir os seus fins.
c) Em flor: prosperidade.
d) Abatidas: desgraça próxima.
e) Cheias de ninhos: felicidade.
Às – a) um ás: notícias favoráveis.
b) Vários: fortuna inesperada.
Ascensão – a) Duma montanha: vai conseguir um lugar importante.
b) Duma escada: esperanças realizadas.
Ascensor – a) Subindo: Vai melhorar de situação.
b) Descendo: Perda de emprego.
c) Circulando vazio: falta de projectos.
d) Cheio de pessoas: concorrência perigosa.
Assassinos – intentos; traição
Assediar – O seu excesso de zelo prejudica-o.
Assembleia – a) De mulheres: má-língua.
b) De homens: discussão séria.
c) Homens e mulheres: conspira-se contra si.
Assobiar – a) Uma canção: felicidade durante uma semana.
b) Assobiar num teatro: disputa da rua.
c) Ouvir assobiar: perigo evitado.
Astrologia – Cuidado com as quimeras. Faça o seu horóscopo.
Atalho – Duo amoroso longe de indiscretos.
Ateliê – Ganhos importantes.
Atrelar – a) Animais pacíficos: bom entendimento.
b) Animais caprichosos: alguém vai-lhe causar aborrecimentos.
c) Cavalos: fortuna.
d) Burros: desapontamento.
e) Bois: bem-estar certo.
Atropelamento – Um rival procura suplementá-lo.
Auréola – a) Ter uma: prestígio.
b) Ver noutra pessoa: conselhos acertados que deverá seguir.
Aurora – Doces confidenciais.
Automóvel – a) Ver um: vai melhorar a sua situação.
b) Subir para um: negócios agradáveis.
c) Conduzi-lo: êxito nas empresas.
Avalanches - Acontecimentos imprevistos.
Aveia – Vai receber dinheiro.
Avenida: a) Com árvores: conseguirá o que pretende.
b) Sem vegetação: terá de lutar para chegar ao fim.
Avental – Terá aborrecimentos com as criadas
Avião – a) - Voando: sucesso.
b) Pousando: indecisão.
c) Despedaçado: desgraça.
Avós – a) Se ainda vivem, deve seguir os seus conselhos
b) Se já morreram tenha cuidado em si.
Azeite – a) Entornado: pequeno benefício.
Azeitona – Namoro feliz mas que durará apenas alguns meses. Saber-lhe-á depois bem a libertação.
Azul – Vida isenta de cuidados.

Letra B

Baba – As suas palavras por inconvenientes prejudicam-no.
Babeiro – Terá necessidade de ser protegido.
Baboseira – Divertir-se-á imenso numa reunião de gente nova.
Bacia – A sua indiscrição prejudica-o.
Bácoro – Sucesso amoroso.
Badalo – Pequeno desgosto causado pelo afastamento de uma pessoa querida.
Bagagem – Mudança de domicílio.
Bailado – Vão procurar conquistá-lo.
Baile – Noite bem passada. Sucesso.
Bainha – Perda de jóias.
Balança – a) Ver uma: a sua indecisão fá-lo-á perder um bom negócio.
b) Servir-se: será escolhido como árbitro numa disputa.
Balão – Se sobe: conseguirá uma situação invejável.
b) Se plana: depois de princípios incertos, conseguirá firmar-se.
c) Se cai: acautele os seus negócios.
Balaustrada – Esse apoio que pretende não poderá contar com ele.
Balcão – Tenha esperança em melhores dias.
Baleia – Ambição desmedida. Perigo de falência.
Balneário – Deve resolver rapidamente o que pretende.
Baloiço – Tranquilidade alegre.
Banana – O seu encanto agirá sobre um coração insensível.
Banco – Desastre financeiro.
Bandarilha – Prazeres enganadores.
Bandeira – a) Nacional: sucesso.
b) Estrangeira: viagem.
c) Branca: paz.
d) Encarnada: sentimento ardente.
Bandeja – Importante remessa de dinheiro.
Banho – a) Com água clara: felicidade.
b) Em água turva: aborrecimentos.
c) Ver alguém banhar-se: ciúmes.
Banquete – Convite impossível de aceitar.
Baptizado – Os seus desejos vão ser realizados.
Barafunda – Cólera imoderada.
Baralhar – Dificuldades imprevistas que terá de suportar.
Barata – Terá uma desilusão com um amigo.
Barbas – a) Ver umas barbas loiras: amizade correspondida.
b) Ver umas escuras: o despotismo de uma pessoa autoritária comprometerá a sua tranquilidade.
c) Fazer a barba: deixa-se dominar por alguém que de si abusa.
d) Quer arrancá-la: empresa ruinosa.
Barca – Ouvirá falar dum amigo ausente.
Barco – Decepções; cuidados leves.
Barómetro – Conselhos prudentes que devia seguir.
Barraca – Pessoa habitando o campo vai convidá-lo para um fim-de-semana.
Barrela – Faltas perdoadas.
Barril – a) Com vinho: abastança.
b) Com álcool: a sua ambição ser-lhe-á nefasta.
c) Vazio: mediocridade.
Barulho – Falam de si sem que saiba.
Batalha – Terá de trabalhar muito para conseguir os seus fins.
Batata – Perfídia a temer.
Bazar – Um pouco mais de ordem nas suas coisas não seria nada mau.
Bebedeira – Está criando má reputação.
Beber – a) - Água: terá de suportar a companhia duma pessoa insignificante.
b) Vinho: alegres propostas.
c) Álcool: os seus sonhos são irrealizáveis.
d) Leite: amizade próxima.
Bebida – Juramentos frívolos.
Beiços – Mentiras que o farão corar.
Beijo – a) Dado ou recebido: amor partilhado.
b) Atirado: partida próxima.
c) Ver duas pessoas beijando-se: doces confidências que lhe trarão alegria.
Beliscão – Palavras de amor mal contidas.
Bem-me-quer - a) Ver: declaração de amor sincera.
b) Desfolhar: gentil namorico.
c) Fazer um ramo: projectos de união.
Benefício – Ingratidão certa.
Bengala – Os seus filhos assegurar-lhe-ão uma velhice feliz.
Berço – a) Com uma criança: felicidade.
b) Vazio: cuidados passageiros.
Berreiro – Momentos difíceis a passar.
Bexigas – Mau comportamento que muito dará que falar aos seus amigos.
Bezerro – Uma pessoa muito jovem vai pedir-lhe o seu auxílio.
Bibe – Procurará dissimular os seus defeitos à pessoa a quem ama.
Biberão – Um bebé não se fará esperar.
Bíblia – Procure aproveitar os conselhos que lhe dão.
Biblioteca – Os seus esforços serão coroados de sucesso.
Bife – Ficará estimado por um trabalho superior às suas forças.
Bígamo – Desastrosa nomeada.
Bigode – Namoro sem importância.
Bilha – Abundância de bens.
Bilhar – a) Ver jogar: as suas distracções são de mau gosto.
b) Jogar o próprio: tem a sorte em muita conta para levar a cabo a sua vida.
Bilhete – a) De amor: mentiras enganadoras.
b) De eléctrico: agradável passeio na companhia duma pessoa encantadora.
c) De teatro: empregue melhor o seu tempo e não se aborrecerá tanto.
Binóculo – O seu golpe de vista ajudá-lo-á a encontrar a pessoa que lhe convém.
Bisbilhotice - Deverá ser um pouco menos expansivo.
Biscoito – Vai receber visitas.
Bispo – Terá a protecção duma pessoa importante.
Blasfémia – a) Ouvir: ficar muito impressionado com certa má notícia.
b) Proferir: arrepender-se-á dum mau passo.
Boca – a) Bonita: conquista amorosa.
b) Feia: tentações a afastar.
Bofetada – a) receber uma: afronta pública.
b) Dar: castigo merecido.
Bois – a) Gordos: prosperidade.
b) Magros: acontecimento aborrecido.
c) Furiosos: discussão entre vizinhos.
Bola – A sua amabilidade ajudá-lo-á a conservar os amigos.
Bolacha – O seu coração será perturbado por um amor passageiro.
Bolos – Pecado amoroso a cometer.
Bolsa – a) Vazia: vai receber dinheiro.
b) Cheia: falta de recursos.
Bolso – a) Cheio: pobreza.
b) Vazio: vai ganhar muito dinheiro.
Bomba – Perturbações aborrecidas na vida.
Bombeiro – Será chamado a apaziguar uma disputa.
Boné – Arrogância aborrecida.
Boneca – Declaração amorosa pouco sincera.
Borboleta – Amor passageiro.
Borbulha – Por muito que faça não conseguirá disfarçar o defeito que o atormenta.
Bordado – A sua paciência vai ser posta à prova.
Boroa – Desgraçadamente está condenada à mediocridade.
Bosque – O amor da pessoa querida será ainda mais forte do que julga.
Bota – Vai-lhe acontecer um percalço.
Botão – a) Ver botões: perda insignificante.
b) Coser: reconciliação.
c) Botão de campainha: visitas.
Botoeira – Cumprimentos.
Braço – Pessoa da sua família vai necessitar do seu auxílio.
Brasa – a) Ardente: amor violento.
b) Apagada: amor que se afasta.
Breviário – Trabalho difícil.
Briga – Procura usurpar-se dos bens de outra pessoa.
Brilhante – Tentação a afastar.
Brilhantina – Declaração inflamada.
Brincadeira – A prudência é-lhe recomendada.
Brinco – Promessas enganadoras.
Brinde – Vão-lhe render homenagem.
Brinquedo – Sucumbirá à tentação.
Broche – Promessas em que não se deve fiar.
Bronquite – Tristeza amarga.
Brunir – Pecado ligeiro que lhe deixará uma agradável recordação.
Bruxa – a) Ser: vão-lhe deitar poeira nos olhos.
b) Consultar: depois de se esfalfar a pedir o auxílio de outra pessoa chegará à conclusão de que apenas poderá contar consigo.
Bula – Os seus desejos vão ser satisfeitos.
Bule – Duo amoroso na intimidade.
Burla – Virtude em perigo.
Burro – a) Montar um: alguém o inveja.
b) Montar um: os seus desejos vão sofrer atraso.
c) Burro branco: boas notícias.
d) Burro negro: graves preocupações.
e) Ouvi-lo zurrar: cansaço.

Letra C

Cabaça – Vai-se rir à custa duma pessoa tola e vaidosa.
Cabala – Brincadeira de mau gosto que lhe trará aborrecimentos.
Cabaz – Gastos modestos e tranquilos.
Cabeleira – Rir-se-ão da declaração duma pessoa de idade.
Cabeleireiro – Perigo de incêndio.
Cabelos – a) Loiros: fecundidade.
b) Negros: temperamento ardente.
c) Castanhos: sentimentos sinceros.
d) Ruivos: ciúmes.
e) Brancos: amor constante.
f) Encaracolados: garridice.
g) Encarapinhados: voluptuosidade.
h) Despenteados: fim de maus negócios.
i) Visita ao cabeleireiro: ocupa-se demasiado do que não hl edis respeito.
j) Puxar pelos cabelos: amor que se desfaz.
l) Calvície: uma pessoa de idade vai-se casar.
m) Cabelos que crescem: casamento de viúvo ou divorciado.
n) Cabelos queimados: afastamentos de pessoas
o) Cabelos em medalhão: ausência prolongada de pessoa amada
p) Falha grande: fome
Cabide - pessoa dedicada que lhe será um precioso auxílio
Cabra - Amor duma rapariga encantadora mas caprichosa
a) Branca: ventura
b) Preta: infortúnio
Caça – Namoriscos vários que não impedirão uma paixão séria
Cacau – Notícias de pessoa amiga, ausente no estrangeiro
Cacetada – Se não é casado, tem a maior vantagem em o ser brevemente.
Cacho – Prazeres frívolos.
Cachoeira – O amor virá até si.
Cacto – terá que suportar uma afronta.
Cadáver - cura de uma doença
Cadeia – a) de ferro: casamento infeliz.
c) De ouro, prata ou flores: união abençoada.
d) Cadeia quebrada: divorcio.
Cadeira – Conseguir situação desejada.
Caderneta - A sua memória precisa de descanso.
Caderno – a) Em mau estado: a sua negligência obrigá-lo-á a despesas excedidas.
b) Em bom estado: as suas economias vão aumentar.
Café - a) Bebida: discussão amorosa que acabará com beijos.
b) Lugar de reunião: propostas ligeiras que o farão hesitar.
Caixa – a) Faz muito barulho por um assunto sem importância.
Caixão – Ver um: será convidado para um casamento.
b) Estar deitado num: vida longa.
Caixeiro – Os seus sonhos são demasiado bons para se poderem realizar.
Cal – Conseguirá sossegar a sua consciência atormentada.
Calção – a) Usado por uma mulher: ela fará de si o que quiser.
b) Usado por um homem: falta que virá a ser descoberta.
c) Usado por uma criança: obstáculos aos seus desejos.
Calças – a) De homem: autoridade.
b) De mulher: Traição amorosa.
c) De homem mas usados por uma mulher: autoridade contestada.
Caldo – Um amigo será o culpado se perder algum dinheiro.
Calendário – Procure empregar melhor o seu tempo.
Calhandra – Elevação rápida.
Caligrafia – Devia aproveitar melhor os dotes que Deus lhe deu.
Calo – Remorsos que destruirão a sua paz.
Calor – a) Ter muito calor: amor repentino.
b) Tocar em qualquer coisa quente: será amado apaixonadamente.
Calote – O seu dinheiro está em perigo.
Calúnia – Consideração pública.
Calvície – Terá conhecimento do casamento duma pessoa de certa idade.
Cama – a) Ocupada por uma pessoa: deve procurar casar breve.
b) Ocupada por duas pessoas: tenha confiança na pessoa querida.
c) Desocupada: encontro clandestino.
d) Desfeita: alfinetadas matrimoniais.
Camaleão – Falsa amizade.
Camarim – Amores perigosos.
Camarote – Ocupam-se de si sem razão.
Cambalhota – a) Dar o próprio: perda de situação.
b) Ver outra pessoa: ruína de um amigo.
Camélia – A sua paixão levá-lo-á a cometer loucuras.
Caminhada – a) Acompanhado: vai-se aborrecer deveras.
b) Só: o seu coração sofre por se ver solitário.
Camisa - a) Em mau estado: miséria.
b) Limpa: a sua honestidade é comprovada.
c) Suja: falta difícil de esquecer.
d) Mudar de camisa: visita de um amigo.
e) Estar em camisa: rir-se-ão de si mas sem maldade.
Campa – a) Ver uma: vida feliz.
b) Rezar junto a uma campa: os seus desejos vão ser realizados.
Campainha – Far-lhe-ão ver que procedeu mal.
Campanário – Mau presságio.
Campo – a) Cultivado: felicidade próspera.
b) Inculto: devia olhar melhor pelos seus interesses.
c) De batalha: necessita de toda a sua coragem para dar um passo decisivo.
d) De aviação: com audácia conseguirá vencer.
Cana – Fará pagar caro as injúrias dum malvado.
Canal – Pazes feitas por intermédio duma terceira.
Canapé – a) Sentar-se num: duo amoroso.
b) Deitar-se: a sua virtude corre perigo.
Canário – a) Em liberdade: ligação passageira com uma linda mulher de pouco espírito.
b) Numa gaiola: os seus amores não serão correspondidos.
c) Cantando: prazeres de amores sempre renovados.
Canastra – Tema ideias altas demais para conseguir alguma coisa da vida.
Canção – a) Ouvir: felicidade.
b) Cantar o próprio: êxito nas empresas próximas.
c) Cantar desafinado: disputa.
Cancro – Rivalidade amorosa que lhe causará aborrecimentos.
Candeeiro – Um negócio embrulhado necessita de ser esclarecido.
Candeia – a) Acesa: reunião.
b) Apagada: encontro que não se realiza.
Candidatura – Decepção.
Canhão – Imporá o respeito a todos.
Canivete – Amoroso tímido que não tem coragem de se declarar.
Cano – Notícias de longe.
Cansaço – Ligeira indisposição.
Cântaro – a) Cheio: riqueza bendita.
b) Vazio: aborrecimentos monetários sem importância.
c) Quebrado: pequeno contratempo.
Cântico – a) Ouvir cantar: bem-estar.
b) Cantar o próprio: contrairá uma dívida de reconhecimento que muito o sensibilizará.
Cão – a) Ver um: amizade sincera.
b) Ladrando: não repela as observações que lhe fazem.
c) Cães bulhando: zanga entre amigos por sua culpa.
d) Um cão perseguindo-o: terá que aturar uma pessoa intrometida.
e) Raivoso: um amigo vai proceder mal consigo.
f) Cão magro: alguém precisa de si.
g) Cão de guarda: amizade desinteressada.
h) Cão de luxo: felicidade duradoira.
i) Cão de caça: rivalidade a recear.
j) Bull-dog: disputa entre homens por causa de uma mulher.
l) Matar um cão: desgraça certa.
m) Cães bonitos: amor.
n) Vê-lo correr e ladrar: bom aviso.
Capacete – Vai escapar a um desastre.
Capela – Quimeras que se criam.
Capoeira – a) Cheia de galinhas: felicidade, união prolífera.
b) Vazia: exactamente o contrário.
Capote – a) Ter um: certo amigo virá ajudá-lo.
b) De mulher: consolação amorosa.
c) Emprestar o seu capote: um coração responderá ao apelo do seu.
d) Abrigarem-se duas pessoas sob o mesmo capote: noivado secreto.
Caracol – Procure sacudir essa indolência que o prejudica.
Caramanchão – Conversas de amor.
Caramelo – Vai agradar imenso á pessoa que pretende conquistar.
Caranguejo – Abuso de confiança.
Caravana – Não desanime antes de chegar ao fim.
Cardo – Tentativa de roubo.
Careta – Esgar que prejudica a sua reputação.
Caricatura – Não se deixe influenciar pelas amabilidades duma pessoa pouco recomendável.
Carícia – Amor partilhado.
Caridade – a) Fazer: boa acção que obterá recompensa.
b) Receber: afronta.
c) Festa de caridade: presente a receber.
Carimbo – Confiança bem empregada.
Carnaval – Prazeres que trarão desgostos.
Carneiro – violenta disputa entre parentes.
Caroço – Contrariedades sem gravidade.
Carpinteiro – Projectos de casa a mobilar.
Carro – a) Vulgar: infelicidades.
b) Elegante: elevação na sociedade.
Carroça – a) Vulgar: visita de pessoa do campo.
b) Elegante: um rapaz bem-posto virá vê-la.
Carta – a) De jogar: quanto melhor maior será a sua sorte.
b) Vários ases: triunfo:
c) Muitos reis: uma recomendação influente acompanhará a sua pretensão.
d) Damas: ciúmes.
e) Valetes: amigos falsos, traição.
f) Copas: sucesso amoroso.
g) Oiros: empreendimento de que dependerá o seu sucesso.
h) Paus: Vai ganhar rapidamente muito dinheiro.
i) Espadas: aborrecimentos imprevistos.
j) Deitar as cartas: cuidados que se desfazem.
Cartão – Vai receber uma notícia agradável.
Cartaz – a) Ver ou ler cartazes: informações úteis.
b) Colocar cartazes: deve procurar uma situação.
c) Rasgar cartazes: calúnia que se desfaz.
Carteira – a) Ver uma: tem uma dívida que se esquece de pagar.
b) Encontrar: benefício desconhecido.
c) Perder: pequeno achado.
d) Bem recheada: falta de dinheiro.
e) Vazia: presente monetário.
Carteiro – Notícias a receber.
Carvalho – Protecção de um homem forte.
Carvão – Terá em breve ocasião de se congratular pela sua previdência.
Casa – a) Em bom estado: não tardará a realizar-se o seu casamento.
b) Em ruínas: miséria.
c) Casa a construir: as suas esperanças vão ser realidade.
d) Edificar rapidamente: consolação.
Casamento – Luto na família.
Castanha – União feliz.
Castanholas – Pequena festa animada.
Castelo – Sedução a afastar.
Cataplasma – Encontrará consolação para os seus desgostos de amor.
Catecismo – Os seus conselhos que lhe dão não têm sido seguidos.
Cavaleiro – a) sobre um cavalo branco: boas notícias.
b) Sobre um cavalo preto: desgraça.
Cavalgada – Terá vários apaixonados mas nenhum sincero.
Cavalo – a) Ver um: tem amigos em quem pode confiar.
b) Estar montado: entre as suas relações tem um amigo seguro.
c) Cair do cavalo: um rival ciumento procura atrapalhá-lo.
d) Ver uma pessoa a cavalo: cuidado com os indefesos.
e) Carro com dois cavalos: casamento rico.
Caveira – Comece a pensar que não lhe convém emagrecer.
Cebola – As suas lágrimas chegarão ao coração dum insensível.
Cego – a) Ver um: alguém procura enganá-lo.
b) Ser o próprio cego: a sua sentimentalidade excessiva fá-lo-á fazer uma tolice.
Cegonha – a) Ver uma: afeição sincera.
b) Dar-lhe de comer: a pessoa a quem se dirigir não lhe negará o seu auxílio.
c) Matá-la ou fazer-lhe mal: ingratidão de que se arrependerá.
Ceia – Desgostos afastados.
Celeiro – Propostas indecorosas.
Celibatário – Novos conhecimentos que passarão depressa à categoria de amigos.
Cemitério – Sentirá em breve uma grande alegria.
Cenoira – Vai ser obrigado a despender bastante dinheiro.
Cera – Decepção amorosa.
Cereja – a) Ver: beijos consentidos.
b) Comer: falta cometida.
Certificado – Mentira inútil.
Cerveja – Decisão espontânea que lhe dará inteira satisfação.
Cesta – a) Cheia: casamento interesse.
b) Vazia: casamento de amor.
Céu – a) Puro: existência calma.
b) Com nuvens: terá grandes preocupações.
c) Soalheiro: os seus desejos vão-se realizar.
d) De tempestade: perturbações na existência.
e) Estrelado: situação melhorada.
Chá – Duo amoroso na intimidade.
Chaminé – Deve ter confiança no seu destino.
Chapéu – a) De homem: conquistas numerosas.
b) De mulher: vaidade sem proveito.
Charlatão – Sedutor de que se deve acautelar.
Chave – a) Ver uma: boa sorte.
b) Dar a sua chave: deposita mal a sua confiança.
c) Perdê-la: cólera.
d) Encontrar uma: encontro amoroso.
e) Molho de chaves: o sucesso não tarda.
Cheiro – a) Bom cheiro: afeição bem colocada.
b) Mau cheiro: amizade enganadora.
Cheque – A prudência monetária é-lhe recomendada.
Chicote – A sua falta de energia precisa de ser controlada.
Chifre – a) Ver: prazeres extra-conjugais.
b) Trazer: os seus ciúmes não são justificados.
Chinela – Alguém o ama, embora seja pessoa de baixa condição.
Chocolate – Terá um bebé uma boa notícia.
Chorar – Virá a saber uma boa notícia.
Chover – Um acidente imprevisto dar-lhe-á grande contentamento.
Cicatriz – Desgostos que passam.
Ciganos – Cuidado com os falsos amigos.
Cigarro – Procurará afastar um desgosto que muito o preocupa.
Cinto – Casamento próximo.
Cinza – a) Fria: abandono.
b) Quente: amuo passageiro.
Ciúme – Pode ter confiança na pessoa amada.
Cobra – Pessoa terrível que procura prejudicá-lo.
Cócegas – Tentação a que não resistirá.
Coelho – Encontro que não se realiza.
Cofre – Cuidado com os gatunos.
Cogumelo – a) Ver: visitas para o jantar.
b) Comer: o seu amor não será correspondido.
c) Colher: a sua confiança não está bem colocada.
Cola – Conseguirá o que pretende mas com custo.
Colcha – A sua prudência é conhecida.
Colchão – a) Novo: saúde.
b) Velho: doença.
Coleira – Inimigos reduzidos à impotência.
Comadre – As más-línguas não o deixam em paz.
Comboio – a) Andar de: agradável mudança de situação.
b) Perder o comboio: por mais esforços que faça não conseguirá melhorar a sua vida.
Comer – a) À mesa própria: saúde.
b) Com amigos: presente a dar.
c) Num banquete: discussões inúteis.
Comichão – Fala de mais. Procure refrear um pouco a sua língua.
Compota – Momentos passados em alegre companhia.
Compras – Dinheiro mal gasto.
Concerto – Agradável reunião.
Concha – a) Ocupada: viagem por mar.
b) Vazia: do grande amor que lhe enche hoje a vida não restará mais do que a saudade.
Confeitaria - Pecado a cometer.
Congestão – Notícia desagradável.
Conquista – Declaração que não deve ser tomada a sério.
Conselhos – a) Receber reconciliação com um amigo.
b) Dar: amizade que arrefece.
Constipação – Lágrimas causadas por desgosto de amor mas logo a seguir o sorriso virá.
Contrabando – Apresentar-se-lhe-á uma sorte rara mas se não se acautelar não a aproveitará.
Convalescença – Projectos agradáveis.
Convento – a) Ver um: cena de violenta.
b) Entrar num: não se casará com a pessoa a quem ama.
c) Sair: vai poder fazer o que lhe apetecer por isso lhe recomendamos juízo.
Convite – Pequena festa familiar.
Copo – a) Branco: felicidade.
b) Quebrado: êxito.
c) Cheio: riqueza.
Coração – a) Ver um: abandono da pessoa querida.
b) Doente: a sua saúde é pouca.
c) Em bom estado: êxito amoroso.
Corcunda – a) Ver um: felicidade inesperada.
b) Ser: a sua falta de confiança em si próprio impede-o de vencer.
Corda – a) Em bom estado: velhice feliz.
b) Velha: aborrecmentos monetários .
c) Fabricar cordas: namoro de funestas consequências.
Coroa – a) De flores: prazeres fictícios.
b) De louros: sucesso.
c) De hera: devoção fiel.
d) De oliveira: ambição satisfeita.
e) De laranjeira: projectos de casamentos.
f) De espinhos: cruéis tormentos.
Correio – Carta a chegar.
Corrimão – Deve contar com a ajuda de outras pessoas.
Cortejo – Falência que o arrastará.
Cortiço – a) Cheio: prosperidade.
b) Vazio: miséria.
Cortina – a) Aberta: ligação clandestina descoberta pela esposa.
b) Fechada: amores secretos que ficarão ocultos.
Coser – Segurança em dias de velhice tranquila.
Cova – Obstáculo aos seus projectos.
Cozinha – Convite para jantar.
Crânio – Comece a pensar a sério.
Cravo – a) Branco: amor sincero.
b) Encarnado: declaração ardente.
c) Matizado: inconstância.
Criadas – a) Juntas: maus amigos.
b) Uma só: amigo dedicado.
c) Ser a própria: contam de mais consigo.
Crianças – a) Ver uma: felicidade conjugal.
b) Disputando: desavença familiar.
c) Bater numa criança: procederá mal.
d) Ser o próprio uma criança: amá-lo-ão deveras.
Credor -Uma pessoa virá importuná-lo.
Crime -a) Ver cometer um: convalescença.
b) Cometer o próprio: Zanga entre parceiros.
Cruz – Tormentos em perspectiva.
Cuspo - a) Cuspir em alguém : far-lhe-ão uma frontra.
b)Receber o próprio: recompensa.
c) Cuspir no chão: promessa que será cumprida.

Letra D

Dactilógrafa – Uma linda rapariga rir-se-á dos seus protestos de amor.
Dado – Sorte extraordinária.
Dançar – a) Sem música: vão-lhe ralhar.
b) Dançar simplesmente: saúde próspera.
c) Danças extravagantes: falam das suas excentricidades.
d) ver dançar: pequena herança.
Declaração – a) Em carta: amor sincero.
b) Verbal: amor sem continuidade.
Decote – Uma mulher namoradeira virá perturbar o seu lar feliz.
Dedal – Tranquilidade.
Dedos – a) Carregados de anéis: o encanto duma mulher sem escrúpulos agirá sobre o seu sossego.
b) Bonitos: amizade calma.
c) Nodosos: alguém trama contra si.
Deformidade – Terá dificuldade nas suas empresas.
Defunto – Cura de uma doença.
Degredado – a) Ver um: ausência de uma pessoa querida.
b) Ser o próprio: mudança de residência imprevista.
Deitar – a) Só: tristeza.
b) Com um irmão: os seus aborrecimentos aumentarão.
c) Com pessoa do outro sexo: fim de apoquentações.
d) Fora de casa: falta momentânea de dinheiro.
Demónio – a) Vê-lo: tormentos futuros.
b) Combatê-lo: perigo evitado.
c) Falar-lhe: riqueza.
d) Fugir-lhe: aborrecimentos.
e) Ser levado por ele: vai muito breve nadar em felicidade.
f) Vê-lo levar uma mulher: descoberta de um tesouro.
Dentada – a) Ser mordido: ciúmes.
b) Morder ou ver alguém ser mordido por outro: acautele-se duma pessoa ciumenta.
Dentadura – Grande banquete para o qual será convidado.
Dente – a) Sãos: prosperidade.
b) Cariados: saúde em perigo.
c) Brancos: felicidade.
d) Escuros: tormentos.
e) Dente a nascer: espera de bebé.
f) Dente a cair: morte na família.
g) Ida ao dentista: despesa aborrecida.
Denúncia – Procuram ser-lhe nocivos.
Depenar – Decepção difícil de digerir.
Desafio – Chegará não sem dificuldades ao fim que pretende.
Desalento – Está precisado de repousado de repousar um pouco.
Desaparição – a) Dum objecto: encontro pouco importante.
b) Duma pessoa: visita de um amigo ausente.
Desastre – A sua existência continuará sem complicações.
Descalçar – Um pouco mais de perseverança ser-lhe-á útil.
Descida – Vai suportar reveses com que não contava.
Descoberta – graças à sua perspicácia a sua situação vai melhorar.
Descolar – Será vítima duma farsa estúpida.
Descoser – Querela na qual será chamado a tomar parte.
Desembarque – Assunto resolvido a seu contento.
Desenhar – Quanto melhor for o desenho maior será o seu êxito.
Desespero – Esperança certa.
Desfiladeiro – Obstáculos aos seus projectos.
Desgosto – Precisa que o ajudem a afastar essa neurastenia.
Desgraça – Vai sentir-se de mau humor.
Despejo – Desavenças familiares.
Despertador – Abusa muito da sua saúde e necessita de ter cuidado consigo.
Despir – Uma falta antiga virá à luz do dia.
Diabo – Tentação próxima.
Diamante – Despesas excessivas.
Dicionário – Curiosidade punida.
Dieta – O seu dia será bom.
Digestão – a) Boa: pequena doença sem perigo.
b) Má: a sua saúde não lhe dará cuidados.
Dinheiro – a) Encontrado: pobreza.
b) Perdido: vai receber dinheiro.
c) Contado: dificuldades monetárias.
Diploma – As suas capacidades não são postas em dúvida.
Diplomata – Alguém vai procurar reconciliá-lo com uma pessoa com quem está de mal.
Director – Perda de tempo sem proveito.
Disco – Conselhos que devia aproveitar.
Discurso – a) Ouvir: um amigo vai procurar convencê-lo de que deve mudar de maneira de viver.
b) Fazer: a sua opinião é muito discutida.
Divórcio – Projectos de casamento.
Dobadoira – Procure sacudir um pouco essa indolência.
Doce – Refreie os seus sentimentos ou acontecer-lhe-á qualquer desgraça. Engano.
Doença – Saúde excelente.
Doido – Alegria muito próxima.
Dominó – a) Jogar: paz familiar.
b) Envergar um: lembranças ao mesmo tempo agradáveis e nostálgicas.
Dor – A felicidade vem ao seu encontro.
Dormir – a) O próprio: esteja tranquilo, alguém cuida de si.
b) Ver outra pessoa a dormir: vão tomá-lo por confidente.
Dormitório – Os seus amigos têm plena confiança em si.
Duche – Uma pessoa mal intencionada deitará por terra o seu entusiasmo.

Letra E

Ébrio – A fortuna vai-lhe sorrir.
Eclipse – a) Da lua: vai ter um encontro numa noite de luar.
b) Do sol: o seu orgulho sofrerá por se ver momentaneamente humilhado.
Economias – os seus criados tendem a desaparecer.
Eczema – As suas faltas vão-se tornar do domínio público.
Eira – Tomará parte numa reunião alegre.
Elástico – O seu carácter é muito apreciado pelos seus superiores.
Electricidade – Amor que parecerá eterno e não será mais que do que aparência.
Elevador – a) Subindo: situação melhorada.
b) Descendo: perda de emprego.
c) Cheio de passageiros: concorrência a temer.
Embaraço – Doença a temer.
Embarcação – Vagem em perspectiva.
Emblema – Muito barulho para nada.
Emboscada – a) Cair numa: projectos comprometidos.
b) Pôr-se de emboscada: suspeita injustamente dum amigo que merece toda a sua confiança.
Embriaguez – Desgosto de amor que procurará esquecer.
Embrulho – a) Levar um: ajudará um amigo.
b) Fazer um: presente a receber.
Emigração – Melhoramento de situação.
Emagrecer – Conseguirá desembaraçar-se dum importuno.
Empenhar – Entrada de dinheiro.
Emplastro – Grande contrariedade causada por um acontecimento imprevisto.
Emprego – a) Encontrar: a sua coragem vai-lhe faltar.
b) Procurar: terá uma situação assegurada.
c) Perder o emprego: Vão-lhe oferecer um lugar melhor pago do que o seu.
Empréstimo – a) Fazer um: os seus negócios vão melhor do que pensa.
b) Emprestar o próprio: serviço prestado que lhe será pago com ingratidão.
Empurrão – Perigo que o ameaça.
Encomenda – Enganar-se-á sobre o valor dum objecto.
Encontro – Terá em breve relações íntimas com a pessoa que deseja.
Encruzilhada – Terá de escolher entre vários pretendentes.
Enfaixar – Uma criança: parto feliz.
Enfermaria – Ligeira indisposição.
Enfermo – Excelente saúde.
Enforcado – a) Ver um: amizade traída.
b) Ser: vai ser objecto dum grande amor.
c) Corda de enforcado: êxito certo.
Engomar – Grande satisfação devido ao trabalho.
Engordar – Importante sucesso financeiro.
Engraxar – Vai ser amimado como uma criança.
Enjoo – Remorsos depressa dissipados.
Enterro – Doença passada.
Entorse – Dificuldade imprevista; não o deixarão cumprir a sua palavra.
Entrevista – Amor partilhado.
Entrudo – Prazeres fictícios que apenas lhe trarão desgostos.
Enxada – Depois dum árduo trabalho nada poderá opor à sua boa fortuna.
Enxerga – Ilusões de prosperidade perdidas.
Enxoval – Projectos matrimoniais.
Equilibrista – a) Ver um equilibrista: uma pessoa que lhe é querida deverá temer pela sua situação.
b) Ser o próprio: terá muito que se acautelar se não quer perder o seu emprego.
Erva – a) Ver: vai sentir o desejo de repousar um pouco.
b) Sentar-se na: namorico sem consequências.
c) Rolar-se na: pecado proibido.
d) Ervas secas: amor que se paga.
Ervilhas – Projectos de casamento com uma pessoa vivendo no campo.
Escada – a) Ver uma: reclamação de dinheiro.
b) Subir uma: êxito.
c) Descer: cruel decepção.
Escaldadela – Aborrecimento causado apenas por um beijo.
Escândalo – A má conduta duma pessoa amiga causar-lhe-á vários dissabores.
Escorregadela – a) Sobre o gelo: coração que lhe foge.
b) Sobre o soalho: infidelidades da pessoa querida.
Escrever – Ganho pouco importante.
Escritura – Acautele-se com os conselhos que lhe dão.
Escuro – Mau prognóstico, aborrecimentos, doenças, lutos.
Esfolar – Procuram levar-lhe um preço muito superior ao que é devido.
Esfolhada – Recordações de amor que lhe trarão melancolia.
Esganar – a) Alguém: inimigo reduzido à impotência.
b) Ser esganado: vão-lhe reclamar dinheiro.
Esmeralda – Projectos de união.
Esmola – a) Dar esmola: boa acção que obterá recompensa.
b) Receber: humilhação.
Espanador – Brincadeira durante a qual beberá mais do que deve.
Espectro – a) Vestido de branco: consolação ao seu coração ferido.
b) Vestido de negro: doença, desgostos de todas as qualidades.
Espelho – a) Ver um: disputa entre amantes:
b) Quebrado: ruptura de amor.
Espião – Coração ciumento que sofre inutilmente.
Espiga – Surpresa agradável.
Espingarda – a) Ver uma: cuidado com os rivais
b) Servir-se: evitará uma desgraça.
c) Ver outra pessoa servir-se: um perigo ameaça a sua família.
Espíritos – a) Consultá-los: a sua indecisão breve ser esclarecida por uma pessoa de experiência.
b) Evocá-los: penas de coração.
Espirro – Excelente prognóstico de longa vida.
Espuma – Farão o impossível por lhe serem agradáveis.
Esqueleto – Felicidade no amor.
Estação – Novo conhecimento cuja existência será.
Estampa – Amor próprio ferido que deixará por muito tempo a sua marca.
Estampilha – Vai ter notícias muito breve.
Estátua – a) Admirar uma estátua: a sorte e a fortuna vão-lhe sorrir.
b) Fabricar uma estátua: riem-se dos seus projectos mas tente levá-los a bom termo.
c) Estátua de mulher nua: vai conhecer uma mulher maravilhosa mas ela ficará insensível às suas palavras apaixonadas.
Esteira – Conforto modesto.
Estrada – a) Direita e bela: excelente conduta.
b) Tortuosa: péssimo porte.
Estrela – a) Céu estrelado: felicidade amorosa.
b) Estrela cadente: perigo de doença.
c) Pálida: desgraça por incêndio.
Estudante – a) Ver um: a sua vida é uma pândega pegada.
b) Ser um: deve pensar um pouco mais na vida.
Exame – a) Passar num: esforço recompensado.
b) Ficar mal num exame: esperanças que se desvanecem.
Exílio – Lágrimas.
Explosão – acontecimento sensacional.
Exposição – Alguém de boa presença procurará entontecê-lo com a sua sedução.
Extrema-unção – Longa vida.

Letra F

Fábrica – As suas aspirações vão além das suas capacidades.
Faca – a) Ver uma faca: disputa.
b) Golpes de faca: afeição perdida.
c) Em cruz: briga e morte.
Facho – Pequena aventura que ficará desconhecida.
Fada – Alguém de grande poder interessa-se por si.
Fadiga – Indisposição passageira.
Fadista – Alguém se prepara para o ludibriar.
Fado – Encontro amoroso, nocturno.
Faiança – Casamento por interesse.
Faísca – Declaração arrebatadora que não terá seguimento.
Falas – Terá de recorrer a um intermediário para conseguir a reconciliação que pretende.
Falcatrua – a) Fazer falcatruas: por mais que trabalhe as suas esperanças não passarão de sonhos sem realidade.
b) Ser vítima de falcatruas: o seu coração vai ter uma alegria.
Falecimento – Boa saúde. Anos de vida.
Falência – Pode dormir tranquilo, os seus negócios não lhe darão o menor desgosto.
Faltas – Cometer uma falta: triunfará dos seus aborrecimentos.
Fama – a) Adquirir fama o próprio: falta de consideração a sofrer.
Família – Felicidade no lar.
Faminto – Prosperidade assegurada.
Fanatismo – Alguém muito inteligente pretende intrometer-se na sua vida para o prejudicar.
Faneca – Um Zé ninguém ousará fazer-lhe a corte.
Fantasma – a) Branco: alegria a esperar.
b) Negro: morte.
c) Disputa com um fantasma: triunfo próximo.
d) Ver muitos: angústia.
Farda – a) Militar: conquista amorosa.
b) De polícia: aborrecimentos breves.
c) Qualquer outra farda: procuram impedi-lo de realizar os seus desejos.
Fardo – Existência bem provida bens.
Farelo – Escassez de alimentos.
Farinha – Pequeno proveito.
Farnel – Vai ser convidado para um divertimento.
Farmácia – Assistirá a um desastre na rua.
Farrapo – A carta que espera vem já a caminho.
Fastio – Os seus desejos não poderão ser realizados.
Fatia – a) De pão: prosperidade.
b) De carne: trabalhos.
c) De doce: amor certo.
Fatos – a) Bem tratados: boa disposição.
b) Sujos: aborrecimentos, desavenças familiares.
c) Rasgados: atentam na sua reputação.
d) Bordados: fortuna.
Fava – Riqueza, prosperidade.
Favor – a) Favor concedido: desacordo.
b) Recebido: perplexidade amorosa.
c) Recusado: o amor que deseja ser-lhe-á concedido.
Febre – Cuidados que desaparecem.
Fechadura Perda de dinheiro.
Fecho – Apesar da sua constante atenção será enganado.
Feijão – Visita oportuna.
Feijoada – História familiar que dará que falar.
Feira – a) Ir a uma feira: vai-se apresentar uma ocasião de ganhar a vida.
b) Estar lá: assunto importante.
c) Voltar de uma feira: pequena alegria.
Feitiçaria – Há uma pessoa que o pretende enganar.
Feiticeira – Não peça auxílio a ninguém, resolva sozinho o problema que o apoquenta.
Feixe – Recompensa.
Fel – Apoquenta-se sem razão por causa dos criados.
Feno – a) Abundância: prosperidade.
b) Deitar-se no feno: novas relações amorosas.
Feras – a) Gordas: viverá em boa harmonia com as pessoas que o cercam.
b) Magras: as suas prodigalidades levá-lo-ão à ruína.
c) Furiosas: triunfo sobre os seus inimigos.
Féria – Emprego modesto mas seguro.
Feriado – Trabalhos suplementares.
Ferida – a) Ver uma ferida: os seus aborrecimentos não têm fundamento.
b) Ferir alguém: ciúme.
c) Ser ferido: não deve duvidar da amizade daquela pessoa em quem pensa.
Ferro – Prognóstico excelente para os assuntos de dinheiro.
a) Ferro de ondular: indiferença da parte da pessoa.
b) Ferro de engomar: pequena zanga sem consequências.
c) Ferro ao rubro: paixão violenta.
d) Ferro ferrugento: disputa entre amantes.
Ferver – a) Água a ferver: pena sem proveito.
b) Leite a ferver: disputa familiar.
Festa – Será convidado para um passatempo agradável.
Feto – Principio de amor.
Fezes – Êxito seguro. Dinheiro recebido se caminhar sobre fezes.
Fiambre - Vai ser convidado para um almoço.
Fiar – Vida sossegada e velhice feliz.
Ficha – Perda de dinheiro.
Fidalgo – Terá muito breve um a ocasião de melhorar a sua vida.
Figa – A prudência é-lhe recomendada.
Fígado – a) Comer fígado: o amor é-lhe propício.
b) Sofrer do fígado: desgostos amorosos.
Figo – Não poderá resistir
Figueira – Preparam-lhe uma cilada.
Figurino – Amor sem importância.
Filho – Conquista amorosa.
Fita – amores em série. Satisfação efémera.
Fivela – Provará o fruto proibido.
Flanela – Ligação amorosa.
Flores – a) Frescas: amizade sincera, declaração de amor.
b) Secas: desilusão.
Floresta – a) Pessoas numa floresta: os seus anseios amorosos vão acabar.
b) Perder-se: não realizará os seus desejos.
Filigrana - Uma pessoa rica interessa-se por si.
Fio – a) De ouro: desgosto.
b) De prata: aborrecimento passageiro.
c) De algodão: existência monótona.
d) Eléctrico: notícias favoráveis.
e) De seda: amizade verdadeira.
Fogão – a) Acesso: cuidados caseiros.
b) Apagado: aborrecimentos monetários.
Fogo – Fogo normal é sempre3b de bom augúrio.
a) Fogo de artifício: festa familiar.
b) Cair ao fogo: um desastre espreita-o.
Foguete – Reunião onde de divertirá muito.
Folhas – a) Verdes: alegrias.
c) Mortas: desespero de amor.
Fome – Ter fome em sonhos é presságio duma saúde excelente.
Fonte – a) Se a água é clara: êxitos.
b) Se é turva: aborrecimentos.
Forca – a) Ver uma: ter ciúmes de si.
b) Servir-se duma: a sua coragem nunca será desmentida.
Formiga – Fortuna a tentar.
Formigueiro – Procuram prejudicá-lo.
Forno – a) Bem provido: prosperidade.
b) Vazio: pobreza.
Fortuna – Ninguém será capaz de lhe resistir aos ataques amorosos.
Fósforos – a) Se ardem facilmente: propostas galantes.
b) Se se apagam: preposições rejeitadas.
Fossa – Os seus projectos terão realidade.
Fosso – Obstáculos nos seus desejos.
Fotografia – a) Dar ou receber: vai ter notícias duma pessoa afastada.
b) Tirar fotografias: declaração de amor.
c) Rasgar fotografias: desavença.
Frango – Ganhos imprevistos.
Franja – Presente de pouca importância.
Frasco – Imprudência aborrecida.
Freira – Dedicação e bondade.
Frieira – Desejo indiscreto.
Fruta – Amor escondido.
Fuligem – Os seus tormentos vão acabar e a paz reinará de novo em sua casa.Fumo – Vai ter conhecimento de muitas coisas que ignorava até aqui e que dizem respeito à sua família.